Força! A Palavra de Ordem em 2017.

Vive o momento, não pense, sinta, use o seu instinto, sinta a Força.
Yoda

“Força” foi o que desejei para todos os meus seguidores no facebook, exatamente na passagem do ano. E questiona-se porquê Força, quando se é comum desejar amor, prosperidade, sucesso?

Todos nós sabemos que a realidade (por mais que desejássemos que assim não fosse) não altera, somente porque atravessamos a meia-noite, saltando com um copo de champagne numa das mãos, e fazendo pedidos sob as luzes dos fogos de artifícios. Após a meia-noite a desejada carruagem volta a ser uma abóbora, como na Cinderela. E, o ano que já se estende à nossa frente, como continuação de 2016, é socialmente controverso, exigente e desafiador. Os assuntos em pauta no mundo como corrupção, fronteiras, terrorismo, violência, nacionalismo, ética, valores morais, crise financeira, estão nos levando a tomar uma posição, e nos fazendo questionar em que tipo de sociedade que queremos viver. Por isso, ao nível social considero que todos nós precisaremos de força em 2017. E a força que me refiro não é a força física, mas a força de espírito, força interna, a força que dá ao próprio que a possui Poder.

É necessário força interior para enfrentar essas questões, sem cair na teia do silêncio, marasmo, desilusão, passividade, medo, ódio, descaso, e foco em distração online. Para isso, a única forma de enfrentar a realidade fora em 2017, é ter, dentro, um arsenal de força. Será necessário uma grande capacidade de gestão emocional, de discernimento do que é correto do errado, do que é e não é benéfico para a sociedade, de manter-se firme, quando parece que “todos” vão na rota contrária, de não desistir de valores importantes, como compaixão, honestidade, perseverança, de estar resolvido com o seu passado e consigo próprio, de lutar pelo seu propósito. Mas de onde vem essa força?

A força que reside em nós, deriva do equilíbrio de opostos. Para se conhecer a luz, há que atravessar a escuridão da noite. Mas para ter força geradora, poder interior, é necessário conhecer o lado escuro e o lado Luz da força, e saber o que fazer com cada um deles. Por ter sofrido e ter tido os seus momentos de queda, e por ter sorrido, e ter tido os seus momentos de felicidade e conquista, experimentou ambos os lados da Força. Mas para ter a força interior capaz de enfrentar situações desconfortáveis, é necessário o domínio de si. O autodomínio. E, no que se traduz esse “autodomínio”?

Quando sentir medo, optar por enfrentar a situação, quando sentir raiva, optar por agir quando estiver calmo, dizer basta para quem não respeita os seus limites, defender valores sociais importantes, sem cair no comodismo de se calar, não jogar o passado para debaixo do tapete, mas resolvê-lo. Quando está emocionalmente resolvido consigo, sente-se livre para agir segundo os seus valores mais intrínsecos, respeitando o seu Eu interior, e logo, a serenidade tomará lugar do desespero, e lhe permitirá optar com consciência, a cada momento, e isso lhe fará sentir a Força. Com Força, não sucumbirá aos obstáculos que 2017 apresentará para si, e para o seu entorno.

A Força lhe guiará como um farol em mares conturbados, mediando como agir, pensar e sentir. É encontrado a força interior, aceitando-a, e reintegrando-a que irá vencer a batalha de cada dia.

Que a Força Esteja Com Você!

 

© MORE Institut Ltd.
Autora dos 7 Poderes para se Tornar o seu Próprio Mestre: Karina M. Kimmig
Humanistic Coach Master Trainer-IHCOS®
Presidente internacional da IHCOS, Vice-Presidente da ECA, Embaixadora da ICI e IN
Em MOREletter, 17.01. 2017