Sofre de FRIGATRISCAIDECAFOBIA? (Parte I e II)

Hoje, antes de sair de casa, certificou-se que traz consigo o seu trevo-de-quatro-folhas, o seu pé de coelho, virou as duas pontas da ferradura para cima, e evitou passar debaixo das escadas? Não! Ui, ui! Hoje é  sexta-feira, 13 de 2013! Para quem sofre de fobia da 6ª Feira 13, ou frigatriscaidecafobia, com 2 trezes numa 6ª feira só, estará alerta e atento!

Mas, para outros esta sexta-feira é perfeita. Após o trabalho, podem pegar na sua vassoura, no seu chapeú de bruxa, e com o seu gato preto voar para a farra, para vivenciar com alta energia este mágico dia 13.

Então, como nasceu essa crença popular que sexta-feira, 13 é dia de azar? O que é uma crença?

A crença que de que o número 13 é de azar, parece estar estritamente relacionada com eventos religiosos, mitológicos, tragédia e morte.

Na mitologia nórdica, Frigafulla, era considerada uma importante deusa, a deusa-mãe, deusa da fertilidade, amor e conhecida também como Freyja. Quando o cristianimo converteu as tribos nórdicas e alemãs, Freyja foi transformada em bruxa. A partir desse momento, ela reunia-se com 11 bruxas, o demônio, e os 13 amaldiçoavam os humanos. Fazendo jus ao dia de Freyja, temos no alemão Freitag, ou sexta-feira, e o número 13. Também é do nome desta deusa que vem FRIGATRISCAIDECAFOBIA.

Outra história na mitologia nórdica está relacionada com Balder, considerado o deus da justiça, sabedoria, que irava Loki pela sua forma de espalhar a paz e bondade. Após Balder ser atormentado por vários pesadelos estranhos, que prenunciavam a sua morte, um dia, Loki, considerado o deus traiçoeiro e símbolo da maldade, apareceu sem convite num banquete que reunia 12 deuses. Nesse banquete Loki, sugere que Hodr (irmão cego de Balder) participe da festa. Então Loki usa Hodr e atira uma flecha no coração de Balder que falece.

Similar ao banquete da mitologia nórdica,  na Santa Ceia do cristianismo, Judas Iscariotes entrega Jesus Cristo, o qual é crucificado depois da Santa Ceia, onde 13 pessoas sentaram-se à mesa. Jesus Cristo morre numa Sexta-feira, a sexta-feira de Paixão.

Igualmente numa sexta-feira, no dia 13 de Outubro de 1307, a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França, o que trouxe consequências trágicas aos templários, como perseguição, tortura e execução por heresia.

É o conjunto destes eventos entre outros, que gerou a convicção que sexta-feira dia 13 é um dia de má-sorte, que influencia comportamentos violentos, situações trágicas, e o melhor é evitá-lo. Embora a fonte dos eventos não seja recordada conscientemente, a generalização da Sexta-feira 13 ganhou dimensão e fixou-se no inconsciente coletivo.

Essa é uma forma de criar uma crença. Ela vai sendo transmitida através da educação pelos pais, pela escola, culturalmente pelo local onde  crescemos, e vai fazendo sentido à cada um de nós que a abosrve, no “mundo” em que vivemos, influenciando o nosso comportamento, como acontece para quem não arrisca fazer uma cirurgia na Sexta-feira dia 13. Afinal, nunca se sabe se Freyja está a espera com as 11 bruxas e o demônio!

© MORE Institut Ltd.
Autor: Karina Milheiros
Master Trainer Coach, Sénior Coach, Master Trainer PNL, Presidente da IHCOS, IN, ICI, Vice-Presidente da ECA,

Bibliografia: Eventos históricos – Wikipedia Sexta-feira 13

 https://pt.wikipedia.org/wiki/Sexta-Feira_13

Post in Facebook a 16 Setembro 2013

Leave a Reply