A Saga dos Relacionamentos: Calar ou Discutir?

Não discutimos no relacionamento! Será? Casais discutem, e não discutem pouco, segundo o estudo realizado pela Esure1. O número atinge 2.455 discussões por ano, sendo em média, 7 discussões ao dia. As razões são várias, desde detalhes de convivência, o que comer para o jantar, estacionar o carro, as de sobrevivência como o dinheiro, até as comunicacionais e emocionais como não ouvir, não agradecer, ou dizer eu te amo. Com tanta discussão, quer dizer que mais cedo ou mais tarde divorciaremos? Sim e Não. Na verdade, a frequência ou a quantidade das discussões não é o que dita o divórcio, e por outro lado, aplacar o conflito rapidamente, ou calar-se para resolvê-lo, pode ser ainda pior para a relação. Se discutimos várias vezes pela mesma razão, sei por experiência em trabalhar com pessoas em relacionamentos, que semanalmente o mesmo assunto vem a tona, é porque algo na base não está resolvido, restaurado. É na arte da restauração que se encontra o segredo deste “negócio”.

Já viu uma peça de arte a ser restaurada? É um processo que tem como objetivo trazer de volta o potencial da obra de arte que foi danificada. Num relacionamento, por haver duas pessoas, duas personalidades que coabitam juntos, e como tal terão que lidar com muitos aborrecimentos diários, naturalmente irão ocorrer danos, rachaduras, carunchos, fragmentações, perda de cor, da obra inicial do amor. Como ser humano, é natural que busquemos viver em harmonia no relacionamento, e cada vez que há uma discussão, ou uma “guerra” silenciosa, ou um evitar falar com esperança que o assunto se resolva, a harmonia é quebrada. Na tentativa de restabelecer rapidamente a harmonia, não restauramos o que tinha de ser resolvido, logo repetimos o que não foi restaurado. Por isso repetem-se as brigas pelos mesmos motivos, e com o tempo lhe são ajustadas os juros, que são aqueles detalhes que há dois anos não eram um problema, mas que agora se tornaram difíceis de engolir.

Qual é o instrumento preciso e indispensável da restauração? A comunicação. E me questionará – Karina a comunicação? Sim! A comunicação pode levá-lo a felicidade ou a destruição e perda total da relação.

De acordo a um estudo com cerca de 1.000 adultos2, os casais que discutem com eficácia são 10 vezes mais propensos a ter um relacionamento feliz do que aqueles que evitam enfrentar o problema difícil. Logo a discussão em si não é o problema, mas como, o quê e para quê se discute. É no aprender como comunicar num relacionamento, que reside não só o X mas também Y da questão. A comunicação é o que irá nutrir a intimidade, a confiança e a conexão.

Para a comunicação fluir no relacionamento, eu partilho alguns aspetos a ter cuidado:

1 – Evitar críticas. Aponte factos, o que pensa, mas não sob a forma de crítica.

2 – Assuma a responsabilidade dos seus sentimentos.

3 – Evite julgamentos.

4 – Ouça de forma aberta a opinião do seu parceiro/a.

5 – Fale o que realmente pensa de modo assertivo.

6 – Expresse suas expectativas de forma objetiva.

7 – Remova a acusação do seu discurso.

8 – Enfrente a discussão com o objetivo de ter uma solução para ambos.

9 – Quando o tom de voz subir, peça pausa para que possam se acalmar.

10 – Entenda que não há um vencedor e um perdedor. Ambos têm pontos de vistas diferentes a serem respeitados.

Trabalhando a comunicação podemos aprender não a lutar um contra o outro, mas lutarmos juntos por um objetivo maior que é o relacionamento. Todas as relações atravessam o inferno, mas os casais que aprendem como crescer com as experiências difíceis e transformá-las em aprendizagens, são aqueles que fazem do relacionamento a sua fortaleza.

Deseja viver mais Feliz no seu Relacionamento? Integre o curso Loucamente Casal!

1 https://www.dailymail.co.uk/news/article-1389002/Fallout-Couples-argue-average-seven-times-day.html
2 https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2018/feb/13/couples-who-argue-together-stay-together-research-finds

Autoria: Karina M. Kimmig

• Ajude mais pessoas a saberem sobre esse assunto – Compartilhe! Facebook | Twitter  
• Faça um comentário sobre este artigo – será muito bom interagir consigo aqui: Facebook | Twitter 
  © MORE Institute GmbH.
 Karina M. Kimmig
Autora da Metodologia Humanística: Os 7 Poderes que todos Nós Possuímos
Humanistic Professional Master Trainer-IHCOS®
Presidente internacional da IHCOS, Vice-Presidente da ECA Portugal, Presidente ECA Brasil
Em MOREletter, 08.03. 2019