LoucaMente: curso intensivo pretende ensinar a viver melhor

Premiada como Top Coach pela revista Focus, na Alemanha, Karina M. Kimmig ensina a viver de uma forma mais profunda

Por: Folha de Pernambuco em 31/10/17 às 06h45, atualizado em 30/10/17 às 15h39

Erra. Acerta. Erra. Empurra com a barriga. Erra. Ignora. Se angustia. Sofre um pouquinho. Melhora. Acerta. Acelera. Erra… e a assim segue a vida, em altos e baixos desengonçados, repetindo ciclos, sem se dar conta do que fazer. É pela repetição que costumamos aprender, especialmente nos primeiros anos de vida, até que tenhamos capacidade de discernir e criar outros hábitos.

Mas esta não é uma tarefa fácil. Em parte por força de vontade e conhecimento, mas também porque ninguém sabe muito bem como fazer isso. Não é como não ter problemas, mas como lidar com eles de forma saudável.

“Um primeiro esclarecimento pode ser é que não existem emoções boas ou ruins. Existem emoções e pronto”, começa a consultora Karina M. Kimmig, reconhecida como Top Coach pela revista alemã Focus. “Claro que ninguém gosta de sentir medo, frustração ou insegurança, mas é preciso não ignorar esses sentimentos, quando tomamos conta deles, porque eles são sinal de algo”, explica e arremata com um exemplo.

“Se eu perco alguém por quem tenho carinho, eu vou sentir luto, vou precisar desse momento. Se eu quiser ignorar, me alegrar a todo custo, o corpo vai guardar isso e cobrar essa conta depois. A gente deve viver a emoção que o momento pede”, sintetiza.

O poder da emoção é o primeiro dos sete que Kimmig descreve, em seu livro, intitulado “Os 7 poderes para se tornar seu próprio mestre”, para que cada um consiga tomar as rédeas da vida. “Não é um livro de auto-ajuda, não são frases motivacionais”, pontua Kimmig, que desenvolveu, junto com o marido, o método More Humanistic Methodology, há 12 anos.

“Eu trabalhei como consultora de grandes empresas e via que aquelas mudanças rápidas, impostas, estruturais não surtiam tanto efeito. Davam resultado, sim, mas não eram o ideal. Fiquei imaginando como seria se as pessoas pudessem mudar por vontade própria”, rememora.

A vinda dela ao Brasil também é para disseminar esse conhecimento. Durante três dias, Karina vai mergulhar com outras vinte pessoas em três desses poderes: o da emoção, da comunicação e da estratégia. A necessidade desses cursos surge, pois quem conhece o tema de perto reconhece que é preciso mergulhar mais fundo.

“Há uma metodologia que ela ensina e com a qual certifica outros consultores, e há métodos que ela pode aplicar junto às pessoas. Não é um terapia, porque não é só falar sobre os problemas, é algo que soluciona”, atesta a empresária Everilda Araújo, que também é graduada na metodologia.

“Conheci o método em 2013 e de lá para cá posso dizer, entre tantas outras mudanças, que sou mais tolerante, sei gerir minhas emoções, meus filtros”, sinaliza. “Não é que não vão surgir problemas. Nossas demandas vão mudando, nós vamos mudando, mas vamos conseguindo resolver conflitos de forma mais tranquila e eficaz”, resume Kimmig.

“Conheci o método em 2013 e de lá para cá posso dizer, entre tantas outras mudanças, que sou mais tolerantes, sei gerir minhas emoções, meus filtros”, sinaliza. “Não é que não vão surgir problemas. Nossas demandas vão mudando, nós vamos mudando, mas vamos conseguindo resolver conflitos de forma mais tranquila e eficaz”, resume Kimmig.

Serviço
“Os 7 poderes para se tornar seu próprio mestre”, de Karina M. Kimmig
R$ 72, à venda na Livraria Imperatriz

Curso LoucaMente
Entre 2 e 4 de novembro
A partir das 9h30
No Mar Hotel Conventions (Rua Barão de Souza Leão, 451, Boa Viagem)
Limite: 20 vagas
R$ 3,5 mil
Informações e inscrições: 98812-5207

 

Published by: FOLHApe  mais..